Portal

“Alteração e atualização

Por Victor Renato de Morais Maia

 A técnica, que segundo Ortega y Gasset (1997) seria a reforma que o homem impõe à natureza, a qual implica na elaboração de artefatos tecnológicos. Tais artefatos, possibilitam a manipulação do meio natural. Aqui o homem assume a posição de um Demiurgo platônico, o qual interpreta as circunstâncias, elabora um plano de ação e reorganiza as substâncias do mundo, gerando novos objetos artificiais. Em sua interação com as circunstâncias, o homem produz artifícios.

 

O humano, segundo Ortega y Gasset, é um animal do bem-estar, deve estar bem no mundo. Sua condição de "centauro ontológico" (ORTEGA Y GASSET, 1997, p. 34), metade na natureza e metade fora desta, implica na necessidade de construir uma sobrenatureza para que possa ser. Sua ontologia se dá em uma sobrenatureza construída de forma técnica, posterior a um planejamento para atender suas necessidades de bem-estar neste mundo.

 

Ortega y Gasset afirma que os animais já são e necessitam apenas estar no mundo sendo. Ao contrário, o ser humano não apenas vive para suprir suas necessidades de mantenimento biológico, necessita estar bem no mundo. Por isso, ao lidar com as circunstâncias, não somente a interpreta e adaptando-se a ela, mas também a manipula com a finalidade de construir uma sobrenatureza onde pode obter seu bem-estar.

Os humanos tendem a atualizar suas técnicas e com isso produzem artefatos tecnológicos cada vez mais "atualizados". O que importa é o progresso e o incremento de funções, funções estas que manipulam a natureza de forma muito eficiente, mesmo que esta "natureza" seja a natureza humana. Os algoritmos são demonstrações contemporâneas de manipulação da natureza, a saber, da natureza humana. Nossos “clics” são estudados e induzidos. 

Uma perspectiva orteguiana sobre a atualização de artefatos tecnológicos"

OUTROS TEXTOS

Quer publicar aqui também?

Contate-nos: filosofianocerrado@gmail.com

PRÓXIMOS EVENTOS

06

ABR

GRUPO DE ESTUDOS ONLINE

NOVIDADE

O Mestrado Profissional em Filosofia (PROF-FILO) é um programa de pós-graduação destinado a ofertar curso de mestrado a professores de filosofia do ensino médio ou fundamental, na modalidade profissional, em rede e com abrangência nacional. 


O curso, com área de concentração em Ensino de Filosofia, é predominantemente presencial e confere aos estudantes concluintes o título de “Mestre em Filosofia”. 


O PROF-FILO se estrutura a partir de núcleos sediados em Instituições de Ensino Superior (IES) que são responsáveis pela coordenação e execução local do curso. 

CONHEÇA

grupo de estudos

G. W. Friedrich hegel

O grupo é dedicado ao estudo e pesquisa do pensamento de Georg Wilhelm Friedrich Hegel (1770-1831).

PROGRAMAÇÃO

Encontros:

uma vez ao mês.

contato:

cleudioz@hotmail.com

Intersecções - O grupo é dedicado ao estudo e pesquisa dos pensamentos de Félix Guattari e Gilles Deleuze e suas intersecções com a filosofia, a arte, a política etc.

PROGRAMAÇÃO

Encontros:

2ª e 3ª quartas-feiras do mês.

contato:

bruno_borges@ufg.br

taniamaia.barcelos@gmail.com

A exibições ocorrem no Laboratório de Audiovisual do curso de Ciências Sociais e são seguidas de debates e exposições. 

PROGRAMAÇÃO

Último filme debatido:

27/05 - O ENCOURAÇADO POTEMKIN - 1925

contato:

rbianchidearaujo@gmail.com

O PORTAL

Este é um canal de divulgação do Grupo Filosofia no Cerrado, que reúne os docentes, pesquisadores e estudantes da Universidade Federal de Catalão, em torno das atividades ligadas à temas filosóficos como Ética, Educação, Política, Estética e outros, em articulação com as ações permanentes de ensino e extensão. O Portal foi criado em 2016 com o objetivo inicial de promover o acesso à informações pertinentes ao Seminário de Filosofia e Formação de Professores e, que, desde então, passou a reunir também conteúdo decorrente das pesquisas e publicações do grupo.

A Revista Educação e Filosofia tem como propósito o incentivo à investigação e ao debate acadêmico acerca da educação e da filosofia em seus diversos aspectos, prestando-se como um instrumento de divulgação do conhecimento, especialmente dessas duas áreas, sendo, pois, objetivos da Revista: I- Divulgar pesquisas e textos de caráter científico e didático nas áreas de Educação e Filosofia; II- Manter relacionamento acadêmico interdisciplinar entre as Unidades Acadêmicas da UFU; III- Aumentar o intercâmbio com outras instituições nacionais e internacionais.

Conjectura publica artigos inéditos em português, espanhol, italiano, inglês, alemão ou francês. Os artigos submetidos à publicação devem versar sobre ideias essencialmente relativas aos problemas centrais da Filosofia e Educação, incluindo interrogações interdisciplinars que busquem esclarecer a relação entre prática educativa e questionamentos filosóficos. Também poderão ser publicados documentos inéditos, resenhas críticas, debates, traduções, notas relativas a eventos e anúncios de revistas científicas da área.

A Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação (RESAFE) é um periódico semestral da Universidade de Brasília (UnB). As interfaces entre filosofia e educação são o alvo de nossos olhares nesta revista. Nosso objetivo é multiplicar olhares, trazê-los para a discussão, multiplicar discussões e reflexões que enriqueçam os trabalhos sobre educação e filosofia.

Os trabalhos publicados pela Philósophos são sempre de autores dedicados a Pesquisa em Filosofia e que sejam doutores ou doutorandos nessa área no Brasil e no exterior. A publicação é semestral, sob a responsabilidade da Faculdade de Filosofia (FAFIL) e do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal de Goiás.

FilosofianoCerrado

EXPEDIENTE

EDITORES

Bruno Gonçalves Borges

Cleudio Marques Ferreira

Manoel Messias de Oliveira

Rogério Bianchi de Araújo

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CATALÃO

Av. Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 1120,

Setor Universitário, Catalão , Goiás

CEP 75704-020

 

E-mail: filosofianocerrado@gmail.com

Telefone: (64) 3441-5308